Oferta Formativa

Oferta Formativa

Pré-Escolar

De acordo com o disposto na Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 46/86 de 14 de Outubro), através do seu Artigo 5.º, são objetivos da educação pré-escolar: “[…]
a) Estimular as capacidades de cada criança e favorecer a sua formação e o desenvolvimento equilibrado de todas as suas potencialidades;
b) Contribuir para a estabilidade e segurança afetivas da criança;
c) Favorecer a observação e a compreensão do meio natural e humano para melhor integração e participação da criança;
d) Desenvolver a formação moral da criança e o sentido da responsabilidade, associado ao da liberdade;
e) Fomentar a integração da criança em grupos sociais diversos, complementares da família, tendo em vista o desenvolvimento da sociabilidade;
f) Desenvolver as capacidades de expressão e comunicação da criança, assim como a imaginação criativa, e estimular a atividade lúdica;
h) Proceder à despistagem de inadaptações, deficiências ou precocidades e promover a melhor orientação e encaminhamento da criança”.

São esses objetivos transversais ao ensino Pré-escolar que o Conservatório Bomfim se propõe-se operacionalizar pela Educação Musical, através de um conjunto de atividades adequado às idades dos discentes que visam, em particular:

1. desenvolver a acuidade auditiva no que diz respeito aos fenómenos do som e da música;
2. desenvolver os sentidos rítmico, melódico e tonal;
3. estimular a criatividade e expressividade ao nível da produção sonora/musical;
4. desenvolver os processos de audição interior e de memória auditiva;
5. promover a expressão vocal e afinação;
6. promover a utilização e coordenação da atividade motora;
7. desenvolver a rapidez de reflexos.

Iniciação Musical

Na Iniciação Musical, a prossecução de estudos rege-se pelo desenvolvimento do pensamento e literacia musical, bem como a introdução ao estudo de um instrumento, procurando-se, em particular:

1. Desenvolver competências de discriminação auditiva abrangendo diferentes códigos convenções e terminologias existentes nos mundos da música;
2. Desenvolver competências vocais e instrumentais diversificadas, tendo em conta as diferentes épocas, estilos e culturas musicais do passado e do presente;
3. Desenvolver competências criativas e de experimentação.

Curso Básico

Regimes Supletivo e Articulado

De acordo com o disposto no Artigo 7º da Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º46/86 de 14 de Outubro), são objetivos do ensino básico:
“a) Assegurar uma formação geral comum a todos os portugueses que lhes garanta a descoberta e o desenvolvimento dos seus interesses e aptidões, capacidade de raciocínio, memória e espírito crítico, criatividade, sentido moral e sensibilidade estética, promovendo a realização individual em harmonia com os valores da solidariedade social;
b) Assegurar que nesta formação sejam equilibradamente inter-relacionados o saber e o saber fazer, a teoria e a prática, a cultura escolar e a cultura do quotidiano;
c) Proporcionar o desenvolvimento físico e motor, valorizar as atividades manuais e promover a educação artística, de modo a sensibilizar para as diversas formas de expressão estética, detetando e estimulando aptidões nesses domínios;
e) Proporcionar a aquisição dos conhecimentos basilares que permitam o prosseguimento de estudos ou a inserção do aluno em esquemas de formação
profissional, bem como facilitar a aquisição e o desenvolvimento de métodos e instrumentos de trabalho pessoal e em grupo, valorizando a dimensão humana do trabalho”.

Em particular, são objetivos da educação artística, de acordo com o Art. 2º do D-L344/99: “[…]
a) Estimular e desenvolver as diferentes formas de comunicação e expressão artística, bem como a imaginação criativa, integrando-as de forma a assegurar um desenvolvimento sensorial, motor e afetivo equilibrado;
b) promover o conhecimento das diversas linguagens artísticas (…);
c) Educar a sensibilidade estética e desenvolver a capacidade crítica;
d) fomentar práticas artísticas individuais e de grupo […],
e) detetar aptidões específicas […];
f) proporcionar formação artística e especializada, a nível vocacional e profissional, destinada, designadamente, a executantes, criadores e profissionais dos ramos artísticos […]”.

Para além disso, como especificado no Art. 11º do diploma citado, “Entende-se por educação artística vocacional a que consiste numa formação especializada, destinada a indivíduos com comprovadas aptidões ou talentos em alguma área artística específica”.

O Conservatório Bomfim ministra atualmente o Curso Básico de Instrumento nas especialidades de Piano, Violino, Viola d’Arco, Violoncelo, Contrabaixo, Guitarra, Harpa, Flauta Transversal, Oboé, Clarinete, Fagote, Saxofone, Trompete, Trompa, Trombone e Bateria (percussão apenas para Supletivo), admitindo à frequência destes os discentes que julga manifestarem particular aptidão e empenho. Os programas e normas de avaliação dos cursos ministrados pelo Conservatório Bomfim têm como referência aqueles do Conservatório de Música do Porto e demais legislação aplicável, sendo estes implementadas através dos critérios de avaliação, programas e demais normas de avaliação constantes do Regulamento Interno aprovados anualmente pelo Conselho Pedagógico, sob proposta da Direção Pedagógica, e consultados os departamentos competentes.

Curso Secundário

O Curso Secundário tem a duração de 3 anos (6º ao 8º grau), conferindo diploma no final, reconhecido pelo Ministério da Educação.
Plano de Estudos: Formação Musical (90’), Coro/Orquestra/Conjuntos Vocais ou Instrumentais (135’), Análise e Técnicas de Composição (135`), História e Cultura das Artes (135’), Acompanhamento e Improvisação (45’), Instrumento (aula individual de 45’ ou 90’ no regime articulado).

Cursos Livres

Academia Bomfim

A Academia Bomfim é um novo projeto dedicado ao ensino da música através da prática instrumental em pequenos grupos que tem a sua origem no Conservatório Bomfim – Fundação Bomfim, conservatório de música cuja exigência e qualidade de ensino é reconhecida em Braga há mais de 20 anos.

Destinada à iniciação de um instrumento musical em qualquer idade, a Academia Bomfim pretende alargar o ensino da música a um público mais vasto, contribuir para o desenvolvimento artístico, descobrir novos talentos e proporcionar condições para a continuação de estudos musicais em níveis mais avançados.

A aprendizagem de um instrumento musical contribui largamente para o desenvolvimento cognitivo, social, afetivo e cultural, potenciando o desenvolvimento da capacidade de concentração, memória e raciocínio dos alunos e promovendo uma maior consciência social, com evidentes benefícios na sua autoestima, autodisciplina e persistência.

Para além da aprendizagem de instrumentos como o piano, guitarra, violino, flauta, bandolim, trompete, violoncelo, clarinete, entre outros, a Academia Bomfim pretende dinamizar também uma oficina da voz e aulas de iniciação musical pré-escolar:

  • Aulas de instrumento em pequeno grupo (4 a 8 alunos).
  • Uma a duas aulas por semana.
  • Aulas na escola de ensino genérico dos alunos inscritos ou nas instalações “premiadas” do Conservatório Bomfim.
  • Lecionadas por professores especializados que, na sua maioria, integram o corpo docente do Conservatório Bomfim.
  • Inscrição: 30 euros
  • Mensalidades: Instrumentos: 45 euros; outras atividades: 15 euros
  • Possibilidade de aluguer do instrumento.

Pré-inscrição gratuita para a frequência de aulas e atividades na Academia Bomfim podem ser formalizadas por email ou nas instalações do Conservatório Bomfim no Mercado Cultural do Carandá, em Braga:

  • Aluno: Nome, data de nascimento, escola, ano e turma
  • Encarregado de Educação: Nome, telefone e email
  • Instrumento / atividade pretendida

A abertura de novas turmas está sujeita a um número mínimo de alunos.

Dados sujeitos à alteração sem aviso prévio.